China investirá em projeto bilionário

Image result for Xi Jinping
Xi Jinping – Presidente chinês

Durante o Fórum do Cinturão e da Rota para a Cooperação Internacional (Belt and Road Forum for International Cooperation, em inglês), o presidente chinês Xi Jinping falou em seu discurso sobre o investimento de larga amplitude que será realizado pelo país. O projeto tem o objetivo de investir em projetos de infraestrutura em países da África, Ásia e Europa.

O projeto tem o título de Rota da Seda e pretende proporcionar benefícios para pessoas de várias partes do mundo. A intenção dessa iniciativa é gerar um avanço na infraestrutura, no comércio e na cooperação econômica. Serão mais de 60 países que irão formar a nova Rota da Seda, que faz uma referência às rotas milenares que conectavam o Oriente e o Ocidente.

O evento que ocorreu em Pequim tem a presença de mais de 30 chefes de Estado e de governo, essa é a reunião mais importante desde 2013 onde se teve a reunião intitulada Um Cinturão, Uma Rota (One Belt, One Road), com o presidente Jinping. Ter uma agenda que esteja de acordo com as diferentes preferências de cada líder é um dos focos do evento para ter um aumento de investimento na área de infraestrutura em diferentes países.

Serão 14,5 bilhões de dólares investidos para contribuir de forma adicional ao Fundo da Rota de Seda. O valor total inicial do investimento para apoiar obras de transporte, energia e telecomunicações é de 40 bilhões de dólares. Haverá um financiamento especial no valor de 55,1 bilhões de dólares para investir nos projetos de Cinturão e da Rota conforme afirmado pelo presidente Xi. Para os países em desenvolvimento que confirmarem sua participação na iniciativa, serão direcionados o valor de 8,7 bilhões de dólares para investimento, da mesma maneira poderão usufruir dessa iniciativa as organizações internacionais que se comprometerem com esse projeto.

Embora o foco seja a Eurásia e a África, o presidente Xi afirma que países de outras regiões poderão fazer parte do investimento. Existe uma inclinação do presidente da China para uma integração dos mercados, a abertura comercial e o fortalecimento do sistema multilateral mundial. A intenção é gerar o desenvolvimento, trazer mais segurança e estabelecer a paz mundial.

“Devemos instaurar uma nova postura nas relações internacionais, de mútua cooperação e benefícios compartilhados. Este é um caminho de abertura para o mundo e não de isolamento”, afirmou o presidente Xi durante o evento, com o objetivo de lembrar que a solução de conflitos entre países pode ser feita por meio do diálogo. “Não queremos criar um pequeno grupo de amigos em detrimento da estabilidade [mundial]”, declara o presidente se referindo a sua postura de não interferir em decisões internas dos países com a sua nova iniciativa, onde não existe nenhum interesse de imposição de seus ideais.