Poupador indisciplinado? Veja Dicas básicas para poupar corretamente!

 

Resultado de imagem para como poupar

Todo o ano, seja no inicio, meio ou fim, queremos poupar dinheiro para que aqueles projetos futuros sejam tirados do papel. Contudo, se tornar um poupador fiel não é uma tarefa fácil. Por mais que tentamos cumprir a promessa de ”vou começar a guardar dinheiro”, acabamos se tornando um poupador indisciplinado, por conta das nossas falhas.

Para mudar a situação e não cair mais em armadilhas neste ano, algumas dicas básicas de especialistas serão abordadas logo a seguir. Anote-as e pare de ser um indisciplinado no quesito poupar dinheiro. Certo?

  1. Organize suas contas

Para poupar com sabedoria, é necessário entender para onde está indo o seu salário. Esse valor está sendo gasto com o quê? Essa despesa é variável ou fixa? Entendendo as noções de orçamento pessoal é que vamos conseguir ter uma visão mais clara do que será cortado.

  1. É pouco? Guarde mesmo assim!

Quando se fala em poupar, estamos nos referindo a qualquer valor. Por essa razão, ganhou um valor pequeno, guarde-o imediatamente. Se pensar igual aos outros só porque acredita que aquele valor não fará diferença, você não está apto para ser um poupador fiel.

  1. Esqueça a comemoração antecipada.

Juntou um saldo alto e agora pretende diminuir o valor no mês seguinte? Nem pensar! Continue poupando mesmo ao atingir a meta! Aposte nas receitas extras para turbinar as economias como, por exemplo, o 13° salário. Evite a famosa comemoração antecipada.

  1. Seja disciplinado, defina um objetivo.

Quem almeja guardar dinheiro sem um objetivo na vida tem grandes chances de cair em armadilhas. Então evite correr esses riscos, defina um destino para as economias futuras. Além disso, isso é uma boa motivação para poupar ainda mais.

  1. Não tem como poupar com dívidas.

Investir com dívidas em atrasos, principalmente de cartão de crédito, é considerada a maior burrice de um poupador. Aquelas de crédito imobiliário dá até para conviver, mas as de cartão de crédito precisam ser pagas com urgência, pois os bancos cobram juros altos.

  1. Vai pagar as dívidas? Negocie descontos!

Nada como uma dívida de longo prazo para estragar os planos de um economizador. Se possui, a conversa com seu banco é a melhor saída. Além de ser uma interação saudável para seu porquinho, o banco pode fornecer descontos bons, que podem favorecer as condições mais vantajosas num crédito.

Além das dicas acima, procure ir além da caderneta e da renda fixa. Ir além da caderneta é conhecer mais a respeito sobre as opções de investimentos. Por exemplo, a poupança é tradicional, paga menos e não é tão segura como muitos acreditam. Já no Tesouro Direto, o valor só desparece se o governo brasileiro der calote, o que isso é difícil de acontecer.

Ir além da renda extra requer também conhecer informações de investimento como as ações, que são boas opções e que aceleram de forma espantosa o porquinho. Independente da sua escolha, procure a todo momento enriquecer seus conhecimentos sobre as opções de investimentos.