Aumento do turismo em Lisboa

 

Resultado de imagem para lisboa portugal

O centro de Lisboa atualmente apresenta ruas pavimentadas, edifícios reformados, novos hotéis, bondes lotados de turistas estrangeiros, ladeiras e ruas estreitas por onde passam milhares de pessoas e tabernas que viraram espaço gourmet.

Lisboa que é considerada uma cidade tradicional e presa às suas origens, está mudando essa sua condição, devido ao fato de ter se tornado a cidade turística da moda.

Edifícios em estado precário, fora do centro histórico, estão desaparecendo graças à revitalização, devido ao turismo. No entanto, há um crescimento da preocupação para que Lisboa não perca as suas raízes.

Em pesquisa recente, o número de turistas chegou a quatro milhões por ano, com probabilidade de crescimento, já que esses números vêm crescendo a cada ano. Em contraste a esses números, essa capital possui pouco mais de 500 mil habitantes e chega a 1,5 milhão com a região metropolitana.

Há também um crescimento no ramo imobiliário, contrastando com os anos de crise, quando as construções ficaram praticamente paradas.

Devido à grande procura, os preços dos aluguéis acabaram subindo, houve um aumento de 30% a 40% desde 2014.

Aumentaram também os investimentos estrangeiros, com quase 80% de toda a atividade. Os números acabam sendo impressionantes para a realidade portuguesa, com tantos recursos vindos do exterior.

Dados da prefeitura mostram que imóveis de um quarto, no centro de Lisboa, chegam a custar por volta de 800 euros, o que equivale ao salário médio de um cidadão português. Essa situação acabou levando os moradores do centro histórico,  a trocar suas residências  por locais mais distantes e aluguéis mais baratos. O centro histórico acabou se tornando um lugar totalmente voltado a atender os turistas, onde havia pequenas lojas, hoje se encontram marcas conhecidas no mundo todo, restaurantes, bares e lojas de presentes.

O pesquisador urbano Luís Mendes está preocupado com essas mudanças, adverte que estão querendo transformar Lisboa, em um “parque temático, uma espécie de Disneyworld”. Ele acrescentou ainda, que essas mudanças acabam com as lojas de bairro, antigos moradores vão para regiões periféricas, ficando uma população pobre, sem serviços próximos, com pouca mobilidade e sem sua rede de amigos.

Nos dois bairros mais tradicionais de Lisboa, o Bairro Alto e Alfama, quase não se ouve mais o português, devido a esse aumento do turismo, foi o que disseram os presidentes de algumas associações de moradores.

O aumento das rotas de diversas empresas aéreas, com valores bem atrativos, vários cruzeiros fazendo paradas na cidade, preços competitivos em relação a outras cidades da Europa, aumento da estratégia internacional e destinos em baixa comum Egito e Tunísia, estão contribuindo para que Lisboa, tenha esse sucesso no seu crescimento turístico.

O Observatório de Turismo de Lisboa, fez uma pesquisa com seus visitantes em 2014, e ela demonstrou que a característica principal da cidade na opinião deles era a sua “autenticidade”, ganhando com certa vantagem. Um pouco mais de dois anos se passaram, e essa característica pode acabar extinta daqui a algum tempo.