Economia: A grande teia global

A economia é uma ciência responsável por prever, analisar, e ajudar a resolver certos impasses e problemas de ordem mercadológica e empresarial, que são diretamente refletidos na sociedade, por meio da inflação, do arrocho salarial e do desemprego, que são responsáveis por causar preocupações e desestabilizarem os países e seus habitantes.

economiaEstuda as causas das crises financeiras que se alastram pelo mundo de tempos em tempos, como a crise de 1929 motivada pela superprodução. E identificando esses problemas, esses estudiosos do mercado mundial e nacional, propõe soluções para saná-las da forma mais eficaz possível.

O mundo já passou por várias crises, e em suas raízes sempre estão os Estados Unidos como os responsáveis pelo início do problema. Isso ocorre exatamente pelo fato de que esse país exerce um controle imenso na economia do mundo, vendendo e comprando bens das demais nações, criando-se assim uma dependência entre eles.

E quando os Estados Unidos apresentam algum problema econômico, como ele é a base dessa cadeia, os outros países também sentem os efeitos. Isso pode ser exemplificado com a dinâmica do dólar, que sempre se desvaloriza quando a economia não está indo tão bem.

Aqui no Brasil a situação como todos sabem, também não é das melhores, passando por uma crise que se arrasta desde 2014, e que atingiu o seu ápice no ano passado.

E as consequências dessa crise na economia e na vida dos brasileiros fazem-se sentir de diversas formas, no corte de gastos do governo federal, no desemprego, que chegou a níveis altíssimos na medição de janeiro de 2017, apresentando o número recorde de 12,9 milhões de pessoas desempregadas no Brasil, entre outros.

O CMN (Conselho Monetário Nacional) decidiu no dia 23 de fevereiro, alterar as normas de pagamentos de empréstimos, que antes deixavam margens para algumas dúvidas, e que por isso faziam com que as pessoas pagassem juros abusivos aos bancos.

Agora os clientes que atrasarem o pagamento das parcelas dos empréstimos, não terão mais que pagar juros extras, sendo assim eles pagarão os mesmos juros acertados na hora da transação. O que não acontecia antes, pois algumas instituições financeiras passavam a cobrar juros de mercado quando algum cliente não pagava uma parcela.

A economia é uma ciência humana extremamente complexa, que estabelece ligações entre fatos e pessoas que podem estar contribuindo para certo fenômeno na economia de algum país ou lugar. Os blocos econômicos como Mercosul e União Europeia, são exemplos do quão ligada estão as economias dos países, que sentem as crises uns dos outros.

Uma das leis básicas dessa ciência é a da oferta e da procura, que rege o mercado mundial. Ela diz que quando tem muita gente querendo comprar um produto, esse artigo se valoriza, pois, sua disponibilidade fica menor, e já quando tem muito daquele produto e pouca gente querendo comprar, o seu valor decresce invariavelmente.