A moeda mais valiosa do mundo

A moeda do futuro – assim chamado o Bitcoin por muito tempo e ainda é uma novidade para muitos, faz parte da grande família monetária de criptomoedas criadas para suprir novas demandas de mercado e pela necessidade de uma moeda mais segura e incorruptível. Hoje o Bitcoin tornou-se a moeda mais bem valorizada entre todas as moedas já existentes passando a valer em 06/12/2016 cada BTC 2666,60 Reais.

A criação do BTC tem suas origens não confirmadas oficialmente, mas sabe-se que foi criada por um desenvolvedor de pseudônimo Satoshi Nakamoto. Acredita-se também que a origem da moeda mais valiosa do mundo esteja ligada a um grupo seleto de programadores podendo ser Satoshi Nakamoto um grupo. Segundo a revista Americana Newsweek, a suposta identidade do criador da criptomoeda foi revelada.
Criador do Bitcoin tem 64 anos e mora na Califórnia, diz revista

Mas o que realmente torna o Bitcoin tão importante?

A segurança na utilização da moeda é sem dúvidas a maior importância que se pode atribuir. O uso de criptografia de altíssimo nível faz com que a moeda não possa ser hackeada e nem clonada. Uma transação realizada em Bitcoins nunca poderá ser estornada e a verdadeira origem das partes (comprador/vendedor) sempre serão anônimas. Outra grande importância com certeza é a moeda ser decentralizada e não pertencer a nenhum governo, poder político e financeiro, não existe fronteiras para essa moeda que não pode ser estatizada podendo assim ser livre do controle que os governos e todos os bancos impõem com “garras de ferro”. Também o fato da moeda ser deflacionária faz com que ela seja valorizada constantemente no mercado de câmbio.

A deflação da moeda tem relação com o fato de que os Bitcoins são limitados a um numero finito de moedas, esse numero total de BTC ainda não foi atingido sendo o numero total de 22 milhões de BTC.
A única maneira de existirem mais Bitcoins no mercado é minerando a moeda e isso só pode ser feito com hardwares capacitados. A moeda é minerada em blocos e cada bloco só pode conter 20 Bitcoins cada. Esses hardwares são tecnologicamente atualizados para que a demanda de moedas que irão surgir seja diretamente proporcional a tecnologia de ponta disponível no momento. Os primeiros blocos de Bitcoins foram minerados com hardwares domésticos.
O risco de um grande colapso no mercado financeiro com a quebra das moedas e todo o esforço para manter esse padrão, faz com que o Bitcoin seja bem aceito pela sociedade. No Brasil já são muitos os estabelecimentos que aceitam Bitcoins e cada vez mais esta sendo adotado por outros países.

O mercado financeiro com seu alicerce mal fundado não garante mais a sustentação de um mercado global nos dias de hoje. Tal afirmação se da ao fato de tantas crises que os países enfrentam, crises com precedentes históricos como a crise americana de 1929 e como a atual crise em que a Europa e o Brasil se encontram hoje.